× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: talitaeuiller

Baixar

Talita e Uiller

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Talita e Uiller

Nossa história

Sobre como tudo começou...

Conto de fadas existe? E amor à primeira vista? Corações flutuam pelo ar?

Hmmmmm, Uiller costuma contar para todo mundo que me apaixonei tão logo ele apareceu montado em um cavalo branco e seus cabelos ao vento foram irrestíveis ao meu ver... Ah tá! rs rs O contexto não foi exaaaatamente esse mas sim, desde que ele entrou em minha vida, uma linda história de amor verdadeiro foi construída.

Fato é que não poderia ser diferente. Nós acreditamos em encontro de almas e nossa história, para ser tão linda e plena, tinha que ser naquele momento. Mas afinal, como nos conhecemos?

Retomemos a outubro de 2013.

Depois de adicionados em um grupo de solteiros do WhatsApp, da galera do Hookerz, enfim conheci o moço de nome estranho - porque vamos combinar que Uiller não é nada comum né?! - e que morava na "Bájágrande" (longe pra buuuuurro!). Só o conheci porque ele propôs no grupo um churrasco na casa dele e fui de carona porque nunca, nunquinha, eu conseguiria dirigir pr'aquelas bandas. rs rs

Muitas carnes e cachaças depois, decidi lavar a louça do churrasco (tenho certeza que ele se apaixonou aí! Moça prendada. Sabe como é! rs rs). Achei o moço muito educado mas não passaria do status BROTHER. Jamais. O tempo provaria o contrário. rs 

 

 

Semanas e várias conversas (de BROTHER) depois, fomos à igreja e depois saímos pra jantar. Só sei que meu franguinho não foi nada digesto depois que o mocinho resolveu se declarar. Ele: "Então Talita. Estou gostando muito de você". Eu: "Hã? Claro! A gente é se entende mesmo. A gente é brother, NÉ?!". Ele: "Você não está entendendo. Estou gostando mesmo de você. Você é diferente". Pausa para o silêncio SEPULCRAL. Afastei o prato do jantar, justificando ter passado a fome. E soltei: "Você está confuso. É que eu sou muito legal", seguido de risos muito sem graça. Eu, sempre cheia de assuntos e gracinhas, fiquei sem reação. Pedimos a conta. Fomos embora e ele sob a promessa de que iria me conquistar. Menino decidido. Ainda bem! 

Fato é que o homem do nome esquisito me convenceu que era possível que uma amizade sincera, cuja admiração mútua já existia, se transformasse em amor. De maneira calma, serena, mesmo em meio a um turbilhão de acontecimentos paralelos. Um amor regado a companheirismo, respeito, cumplicidade, sorrisos, sonhos, futuro. Fomos capazes de fortalecer esse relacionamento dia após dia.

 

 

Antes mesmo de completarmos um ano, fomos presenteados com um lindo (e espevitado) fruto! A gravidez, mesmo não programada, serviu para consolidarmos o nosso relacionamento e construirmos uma família sólida e unida.

E para coroar esse momento tão sublime vivido nos últimos anos, estamos em meio aos preparativos para recebermos a benção de Deus sobre nossa família. Diante d'Ele, por meio do casamento religioso, nossos caminhos estarão, para sempre, consagrados. Até lá, vamos dividir com vocês, amigos e familiares, cada passo dado para chegarmos nesse tão esperado dia, praticamente cinco anos após darmos nosso primeiro (e avassalador) beijo.